segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Até logo Mãezinha...


Mãezinha, hoje fazem 10 dias que você nos deixou...queria ter te dito tanta coisa..
Muitos amigos me disseram pra eu rezar, mas como não acredito mais nessas coisas, te deixo minhas ultimas palavras...palavras que queria ter te dito a tempo e não pude...
Me perdoa mãezinha...pela distância, pelas broncas.. Quando vc estava doente, invés de te abraçar e cuidar de você, eu só sabia te dar bronca...
Mas por favor entenda, não era nada fácil te ver ali, morrendo aos poucos...queria te passar a minha força e não sabia como, te levantar, tirar de você tudo oque estava errado...
Me perdoa por não ter corrido qdo vc me ligou dizendo que não estava se sentindo bem...que idiota que fui..achei que estavas fazendo drama...Nem te disse um "eu te amo". Se eu soubesse que seria a última vez que ouvia sua voz..
Sinto tanto a tua falta mãezinha...
Sei que seria egoísmo da minha parte querer você aqui, com dor...mas se eu pudesse voltar um dia apenas, eu te diria tanta coisa..te abraçaria forte, ficaria no teu colo..
Me perdoa mãezinha pela distancia, por achar que isso nunca iria acontecer, sei que sentias a minha falta também..
Quero acreditar que você está num lugar lindo, uma praia, como vc adora!!! Um lugar onde só tenha dias de sol e pessoas legais...
Me espera mãezinha..em breve estaremos juntos novamente...e dessa vez, não deixarei passar nada..aprendi minha lição, pra variar, da maneira mais difícil..
Te amo mãezinha...
Daria tudo pelo teu abraço...
=(

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Amar-te!


Amar-te...mais do que a mim mesmo
Amar-te...e encher os meu dias de vida, de cor, de graça.
Amar-te...e contar os segundos para te encontrar novamente
e te amar
e te sentir
e te querer
Amar-te...e me perder nas curvas do teu corpo
Amar-te...e me distrair contando suas pintinhas, descobrindo seus detalhe
e te ver
e te admirar
e te desejar
Amar-te...e, com as janelas bem abertas, sentir a brisa noturna acariciar o teu corpo nu
e me emocionar com a beleza de tua face, iluminada pelos primeiros raios de sol.
Amar-te...
Desejar-te...
e delirar de prazer no teu abraço, no teu sorriso, no teu ser...
Amar-te...
Simplesmente.

domingo, 10 de julho de 2011

O Teu Abraço


Sabe quando estamos "naqueles" dias? Quando parece que nada funciona, que todos os sinais estão fechados, todas as filas imensas e todas as horas atrasadas?
Quando fica dificil respirar, impossível dormir, pior ainda acordar?
Nessa hora que teu colo faz toda a diferença.
No teu colo sinto-me protegido, único. O tempo para (ao menos gostaria que ele realmente parasse).
No teu colo esqueço do mundo lá fora, que existem problemas a resolver, muros a serem pulados, dificuldades a serem vencidas. Mergulho num mundo só nosso, onde só exista nós dois, eu e o seu abraço.
Abraço que me conforta, que me fortalece.
Abraço infinito, único.
Abrace-me forte toda vez que me encontrar, enchendo meu coração de esperança e força.
Bom Domingo a todos!!

terça-feira, 5 de julho de 2011

Dúvidas, essas ingratas..


Dizem que não são as respostas que movem o mundo, e sim as perguntas. Onde estou? Quem sou eu? Pra onde vou? blábláblá...
Sempre soube o que quero, sou sim muito decidido e determinado (acho tão engraçada essa palavra. Quando queremos falar bem de alguém, dizemos que ela é determinada. Quando queremos falar mal, dizemos que ela é teimosa mesmo. hahaha), luto até o fim, até vencer ou ver que não tem mais jeito.
Mas acho que estou ficando velho. A proximidade da "casa dos 30" tem me deixado mole, relevante, duvidoso. Uma mistura de sentimentos e "quereres" que nem eu mesmo me entendo as vezes.
Tem dias que eu quero que o mundo pare pra eu descer, fugir, sumir do mapa. Tem dias que eu quero que o mundo acelere, pra eu chegar mais rápido no meu tão esperado "destino". Há momentos em que eu quero que o tempo pare. Que eu imploro por isso. Que me dói quando o maldito despertador soa, tirando de mim, do meu colo, o meu mais precioso desejo. Empurrando-me para um novo dia, uma nova conquista.
Agora eu não quero mais, daqui a pouco vou querer. E muito.
Agora não quero mais sonhar, quero viver. Daqui a pouco me pego sonhando acordado, imaginando, rindo sozinho, chorando sozinho. Vai entender.
Quero meus anos de volta. Minha certeza. Minha rebeldia. Minha tão fiel e companheira "teimosia", que sempre me deixou livre o suficiente pra não usar tantas aspas num único texto.
Vai saber.

domingo, 3 de abril de 2011

Dorme


Sonho
Por que assim te tenho mais perto de mim.
Sonho
Para te fazê-la real todos os dias de minha vida.
Fecho meus olhos e te sinto aqui,
Ao meu lado
Num sonho lindo, infinito.
Então abro os meus olhos
E o sonho se faz real.
Você ali,
Deitadinha ao meu lado
Num sono profundo.
Será que também sonha comigo?
Dorme, meu amor
Enquanto te abraço e te protejo de todo mal.
Enquanto cuido de você, acariciando seu corpo, admirando sua beleza.
Aproveita esta noite, minha linda.
Torne-a infinita, sonhe comigo hoje.
Por que amanhã é um novo dia
E teremos que acordar.
Para um novo dia,
Para uma nova conquista.

sábado, 19 de março de 2011

Neverland


Tempos atrás assisti a um filme chamado "Em busca da Terra do Nunca" com o ator Johnny Deep. O filme conta a história de um escritor que, para criar suas histórias, vai para um lugar só dele, chamado Neverland (terra do nunca). Neverland é, nada mais do que a forma como o autor vê o mundo, um lugar só dele, onde tudo é mágico e nada é impossível.
Me identifiquei muito com esse filme (sobretudo com o personagem), pois durante muito tempo tive (e tenho até hoje) a minha própria Neverland.
Sempre acreditei num mundo perfeito, com pessoas especiais, um mundo cheio de amor onde todos são unidos e se ajudam uns aos outros.
Ainda vejo as coisas dessa forma. As pessoas principalmente, até que me provem o contrário.
Pode parecer hipócrita, eu sei, mas é uma proteção que criei para suportar as porradas do dia a dia.
Não vejo problemas em falar da minha vida pessoal. Se tiverem que falar mal de mim, vão falar de qualquer forma então, já facilito as coisas. Não tenho medo de dizer "Eu te Amo". Prefiro me arrepender de ter dito pra quem não merecia ouvir, do que perder um amigo querido sem que esse saiba o quanto é valioso pra mim. Não tenho medo de arriscar, de quebrar a cara. O não, eu sei que já tenho. Então por que não tentar um sim? Não tenho vergonha de chorar. Não serei menos homem por causa disso.
De qualquer forma, eu me considero um cara de sorte. Estou cercado de pessoas especiais e que vibram na mesma sintonia. Que tornam meus dias mais coloridos, únicos.
Vivo num mundo só meu, onde só deixo entrar pessoas especiais, escolhidas a dedo. Conecto meu mundo ao mundo real, tentando levar mais cor e amor a esse mundo tão frio e distante onde vivemos.
Difícil de entender, né?
Então não entenda, querido leitor. Viva. Vem comigo que no caminho te explico.

domingo, 13 de março de 2011

Permita-me!

*Espere carregar o vídeo todo primeiro. Sem fundo musical, o texto não tem o mesmo efeito! ;)

video


Permita-me fechar os olhos mais uma vez.
Não quero pensar... Racionalizar... Julgar.
Permita que eu apenas te sinta... Mais uma vez.
Cada segundo único, cada segundo último...

Permita-me sentir o teu calor, o teu suor,
O tato de suas mãos percorrendo meu corpo nu...
Ofusca-me com o brilho dos teus olhos, felizes ao me ver, ao me ter, mais uma vez.
A imensidão do teu sorriso,
O néctar de seus lábios...

Permita que esse instante seja infinito.
Que o prazer seja intenso, seja nosso.
Permita-me beijá-la por horas, e perder-me nas curvas do teu corpo.
Que o perfume da sua pele me envolva, me renove, me faça voar longe, num lugar que seja só nosso.

Não quero o amanhã. Quero o agora, e que seja único cada instante.
Permita-me te amar... Mesmo que não possas retribuir esse amor.
Permita-me continuar com você... Em meus sonhos, em meus desejos mais profundos..
E torná-los realidade em cada instante mágico que passamos juntos.

terça-feira, 8 de março de 2011

Ano Novo, Vida Nova!


Dizem por ai que, no Brasil, o ano só inicia depois do Carnaval.
Coinscidência ou não, o fim desse Carnaval realmente está simbolizando um recomeço em minha vida.
Aproveitei este feriado prolongado pra por alguma ideias em ordem, bem longe da alegria dos foliões, bem perto daqueles que realmente me amam e me querem bem.
Amanhã, primeiro dia do ano brasileiro, acordarei com um sentimento de renovação. Já o sinto agora, mas as vezes precisamos de datas para marcar e registrar vitórias e perdas.
Será um novo recomeço. Novos passos na minha vida profissional, na minha vida pessoal, e na minha vida amorosa então, nem se fala.
Já encomendei um coração novo por que esse, além de estar com a memória cheia, já está cansado demais.
2011 será marcado (pra mim) como o ano do recomeço. De mudança de rumo, de foco. Pode ser que esteja indo pelo caminho errado mas, infelizmente, só há um jeito de saber.
Todas as estradas levam a Roma, mas só podemos seguir por uma.
Então...
Vem comigo que no caminho te explico!
Fui!!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Pleno!!


Desculpe, mas não sei ser pela metade...
Sempre fui intenso, no serviço, nos projetos, na música, no amor.
Sempre fui da teoria que "água morna não faz nem chá".
As vezes gostaria (e muito) de ser mais desencanado, de não esquentar muito a cabeça, de viver apenas o momento presente, sem se preocupar com o futuro. Mas não consigo. Não é da minha natureza.
Se tenho ou vivo algo bom, quero que esse algo bom dure, se repita. E quero cada vez mais, e mais, e mais. Como vício. Se me limitarem meu vício, prefiro não o ter.
A crise de abstinência é cruel, dói, rasga, mas passa. Um dia, tudo passa.
Um dia...
Quantas vezes ouvi e disse esse termo.
Desculpe, mas tenho pressa pra ser feliz, e acho que mereço. Não sou lá grandes coisas, mas também não sou tão mal assim.
Não quero ouvir apenas a introdução da música, quero curti-la inteira, com direito a solos intermináveis.
Não quero hora marcada, tempo contado. Quero perder a noção do tempo. Quero que seja infinito.
Não quero meio chiclete, a menos que o esteja dividindo com alguém especial.
Quero! E quero por inteiro.
Por que me dou por inteiro, me dedico por inteiro, sou e estou inteiro.
Sempre.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

União


Diversos pedaços unidos,
nunca estarão sozinhos,
Tornando-se, cada vez mais,
Algo maior,
Mais forte,
Mais belo..

Em resposta à Ju e ao Jairo (Rssss entrei na briga)
http://jairotx.blogspot.com/2011/01/fragmentos-poesia-visual.html
http://jublasina.blogspot.com/2011/01/fragmentos-poesia-visual.html

sábado, 22 de janeiro de 2011

As aparências enganam!!



Quantas vezes nós já ouvimos essa frase? As aparências enganam. E o pior, é que nunca aprendemos. =/
Estamos sempre julgado e sendo julgados, analisando e sendo analisados!
Maria disse pra Mônica: você não acha que o João é meio delicado demais? Não joga futebol, não tem muitos amigos homens, apenas mulheres...
Dai Mônica conta pra Elisa: você sabia que o João é gay!! Pois é, guria. Me contaram.
Então Elisa conta pro Alberto: sabia q pegaram o João aos beijos com um cara esses dias?
E o coitado do João, que sempre foi um cara educado, acaba de virar gay!!
Ou então: -Será que a Maria se separou? a vi sozinha no mercado esses dias.
-Bem que suspeitei que ela andava de "chacho" com o Ronaldo!!
-Aquele marido dela também não se escapa, baita galinha.
E o marido, que estava em casa doente no dia que Maria foi ao mercado, virou um corno sem vergonha!!
Ninguém mais se preocupa com a verdade!! Ou melhor ainda, com sua própria vida. A graça é ter noticia, ter o que conversar na roda de amigos. Não importa os sentimentos do acusado, a sua índole ou a sua reputação.
Se tem um amigo gay, é gay também e pronto!!!
Se tem um amigo drogado, está acabado nas drogas também!
Então, nesse inicinho de ano querido leitor, sugiro uma brincadeira super divertida entre nós:
Vamos brincar de vida!
Funciona assim:
Cada um cuida da sua!!
Nossa, o que resolveríamos de problemas se todos brincassem assim, o que nos poupariam de encomodações, mentir e desmentir, falar ou deixar de falar.
Pense bem.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Você tem medo de que?



Quem nunca sentiu medo?? Medo de baratas, de ficar sozinho, da morte...
São tantos medos que nos assombram e bloqueiam nossa felicidade, nossa vida.
Mas de todos esses, o que mais me preocupa nas pessoas é o medo da mudança.
Os humanos de uma forma geral costumam ser extremamente resistentes à novos desafios, à mudanças bruscas. Muitas vezes contentam-se com migalhas, com pequenas alegrias, com um salário "viável", por medo de serem realmente felizes ou bem sucedidos!
Não me julgue um homem de extrema coragem, querido leitor. Assim como você, já perdi grandes oportunidades por medo. Medo de mudar. Medo de me arrepender.
As mudanças nem sempre são fáceis, mas com toda a certeza, são essenciais para a nossa felicidade. Com todas essas perdas que tive por medo, eu aprendi (hoje)uma grande lição:
Devemos ter pressa para sermos realmente Felizes!!!
Só temos uma vida, e devemos vivê-la intensamente!! Amá-la intensamente.
De alguns anos pra cá, resolvi mudar, definitivamente, o rumo da minha vida, fazendo mudanças que foram essenciais pra ser o que sou hoje, um homem realizado e feliz.
Coragem, queridos amigos!!
Olhem além, existem tantas outras possibilidades. Pergunte-se como seria. Imagine. Teste. Expanda seus horizontes. Sejam Felizes. Felizes de verdade.
Enfrentem seus medos, olhem a sua volta, nós (seus amigos) estamos aqui pra lhe apoiar caso as mudanças não saiam como o planejado.
Só há um jeito de saber.
Quem sabe??

domingo, 2 de janeiro de 2011

Feliz 2011!!!!!



E mais um ano se inicia...
Um novo ciclo, novas expectativas, novos sonhos.
Eu nao costumo esperar o ano virar para mudar alguns pontos de vista, para mudar o rumo da minha vida, mas admito que 2010 nao foi um ano muito facil..
Também não acho isso ruim, porque problemas sempre vão existir e nós devemos aprender com eles, crescer com eles. 2010 foi um ano de mudanças bruscas na minha vida, mudanças que deixaram meu blog calado por um tempo.
Em 2011 espero poder falar bastante, crescer bastante, mudar bastante. Mudanças positivas, mudanças prazerosas.
Em 2011 pretendo me permitir mais, me conhecer mais, ser mais ousado, ser mais livre.
Tentarei nao me prender a pequenos detalhes, ser mais direto, mais dinâmico. Enfim, 2011 será diferente...
Se bom ou ruim, isso só posso dizer na próxima virada.
Forte Abraço e um excelente 2011 pra todos!!